Skip to content

E-book

21/12/2010

Clique aqui para ler o livro inteiro – em um programa que simula as viradas de páginas.

Se gostar do conteúdo, repasse para os amigos e ajude a obra a alcançar outros leitores.

Obrigado desde já!

Anúncios

Vem cá que eu te conto na mídia – Londrina

13/05/2010

Fonte: Folha de Londrina (para ver a matéria, clique aqui)

ADRIANA ITO

.

Vai lá que eles te contam

Rodrigo Domit e Gisele Pacola lançam livro de contos amanhã em Londrina

.

A realidade opressora da vida urbana, mas também as suas sutilezas, nas palavras de dois escritores de visão parecida (embora de estilos diferentes). Assim é ”Vem cá que eu te conto” (Multifoco), livro de contos que Rodrigo Domit e Gisele Pacola lançam neste sábado no bar e restaurante Porto Madera, em Londrina.

”O livro tem uma coisa dúbia da vida urbana repleta de transtornos e os momentos de poesia em sutilezas”, explica Domit. São vinte textos de um, dezenove de outro, escritos entre 2007 e 2008 e intercalados nas 68 páginas da obra. ”A Ana Cecília Reis (organizadora do livro e esposa de Domit) procurou dar uma linearidade na ordem dos textos de acordo com o conteúdo, sem se preocupar com a autoria. Assim, os contos aparecem misturados, e a identificação da autoria aparece só no sumário, ao final da obra”, revela. Dessa forma, o livro ganha uma unidade e ainda propõe um jogo de reconhecimento ao leitor – quem escreveu o quê?

Essa organização dos textos só foi possível porque os autores trabalham com universos parecidos. Tal identificação, aliás, foi uma das responsáveis para que os dois se conhecessem, mas não a principal: Gisele já ouvira falar do cara que estudava na mesma universidade e escrevia sobre temas similares aos textos dela. Aí, quando a sua melhor amiga contou que esse mesmo cara devolvera-lhe a carteira que havia perdido, a escritora resolveu procurar Domit – e descobriu que moravam a cinco quadras de distância um do outro, em ruas com nomes sugestivos: José de Alencar e Machado de Assis). O livro é resultado dessa proximidade literária dos dois.

Ambos também têm em comum o fato de terem nascido em Curitiba (embora Domit tenha vivido toda a infância e adolescência em Londrina), e já terem sido premiados no concurso de poesias Helena Kolody. Além disso, Domit, que é formado em Comunicação Social, já venceu o concurso Luiz Vilela (2007) e foi finalista do prêmio Sesc 2008, com o livro (ainda inédito) ”Colcha de Retalhos”. Já a bacharel em Letras Gisele foi premiada em concursos em Bragança Paulista e Porto Alegre, e lançou a obra ”Persona” (2003).

A capa de ”Vem cá que eu te conto” é de autoria da ilustradora londrinense Laís Brevilheri, e o prefácio é assinado pela escritora Luci Collin. O livro foi lançado no Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba. Durante o lançamento em Londrina, a obra será vendida ao preço promocional de R$ 20. Quem não puder ir, ainda pode adquiri-lo a R$ 25 com frete grátis e dedicatória por meio do e-mail vemcaqueeuteconto@gmail.com.

Fotos do evento em Londrina

13/05/2010

Seguem abaixo algumas fotos do evento em Londrina, o mais movimentado de todos:

.

Fachada do Porto Madera

Plano Geral

Amigos

Mesa do livro

Posando para a divulgação

Família

Lançamento em Londrina

04/05/2010

Durante o evento, o livro será vendido por R$20,00

Fotos do evento em Curitiba

26/04/2010

Seguem abaixo algumas fotos do evento em Curitiba, realizado debaixo de um temporal, mas em um local extremamente confortável:

Entrada do Quintana Café

Gisele, Rogério (dono do Quintana) e Rodrigo

Os autores

Vem cá que eu te conto na mídia – Curitiba

24/04/2010

Fonte: Gazeta do Povo (para ver o artigo, clique aqui)

CRISTIANO CASTILHO

.

Jovens autores curitibanos lançam livro no Quintana

.

A história é parecida com o momento seminal de muitas bandas de rock: Rodrigo Domit e Gisele Pacola, dois jovens curitibanos, se conheceram na fa­­culdade. Mas, em vez de de música, optaram pela literatura para comprovar a proximidade artística.

Domit e Gisele lançam às 16 horas de hoje no Quintana Café & Restaurante (Av. Batel, 1.440), (41) 3078-6044, o livro Vem Cá Que Eu Te Conto (Multifoco).

A obra de 68 páginas é um apanhado de 39 textos escritos por ambos os autores. Contos sobre situações insólitas e pessoas tomadas por “sensações urbanas” dividem páginas com pequenas inserções textuais – entendidas como filosóficas ou mesmo como escapismo literário.

Gisele Pacola é bacharel em Letras pela UFPR e autora do livro Persona (2003). Foi premiada em vários concursos de literatura nacional, como Helena Kolody, Bragança Paulista e da Prefeitura de Porto Alegre. Já Rodrigo Domit é graduado em Comunicação Social pela UFPR. Além de escrever contos, poesias e artigos, de­­senvolve e participa de projetos que buscam a universalização da leitura. O curitibano recebeu menções honrosas no concurso nacional de contos Luiz Vilela, em 2007 – com o conto “Dedicatória” – e duas vezes no concurso na­­cional de poesias Helena Kolody. Também foi finalista do Prêmio Sesc 2008 com o livro de contos Colcha de Retalhos.

Vem cá que eu te conto na mídia – Curitiba

24/04/2010

Fonte: Estado do Paraná (para ver o artigo, clique aqui)

CINTIA VÉGAS

.

Livro Vem cá que eu te conto será lançado hoje em Curitiba

.

Temas cotidianos e personagens comuns são abordados em situações insólitas da sociedade contemporânea no livro Vem cá que eu te conto, que será lançado hoje no Quintana Café, em Curitiba. A obra, composta por 39 textos, é uma parceria entre os escritores curitibanos Gisele Pacola e Rodrigo Domit.

“O livro é uma reunião de contos contemporâneos, com histórias que se passam em metrópoles, embora não sejam apontados locais específicos. Entre as personagens, estão pessoas com medo de interagir com outras, pessoas que demonstram indiferença, com baixa auto-estima e crianças, que retratam a inocência. A obra toca em alguns temas pesados, mas também busca mostrar que existe poesia na vida urbana”, afirma Rodrigo, que é formado em Comunicação Social.

Segundo Gisele, que é bacharel em Letras e autora de Persona (2003), os contos se entrelaçam e acabam mostrando o pior e o melhor das pessoas. Sobre a parceria com Rodrigo, ela conta que a mesma acontece porque os dois têm estilos literários bastante parecidos.

“Nos conhecemos justamente porque amigos em comum diziam que nosso estilo de escrever era parecido. Escrevemos os textos que compõem o livro entre 2007 e 2008 e depois os organizamos para a publicação”, diz.

Vem que eu te conto já foi lançado no Rio de Janeiro e em São Paulo. A capa é assinada pela ilustradora londrinense Laís Brevilheri e o prefácio pela escritora curitibana Luci Collin.